Mulheres Metodistas Unidas

Preocupações Sociais
Uma pessoa reage do lado de fora do Centro Governamental do Condado de Hennepin, em Minneapolis, após o veredicto de culpado proferido em 20 de abril no julgamento do ex-policial de Minneapolis Derek Chauvin pelo assassinato de George Floyd. Embora expressando a sensação de que o veredicto foi justo, os líderes Metodistas Unidos apelaram à continuação do trabalho para desmantelar oracismo generalizado e a injustiça sistémica contra as pessoas de cor. Foto de Carlos Barria, Reuters.

Metodistas Unidos reagem ao veredicto de Chauvin

Os líderes Metodistas Unidos elogiaram o veredicto contra o ex-oficial da polícia de Minneapolis, Derek Chauvin, no assassinato de George Floyd, mas advertiram que há muito trabalho pela frente para superar o racismo sistêmico.
Missão
Mascaras, comida e produtos de higiene prontos para irem a distribuição. Malanga, foto de Joao Sambo.

Mulheres da Malanga 2 distribuem comida, máscaras, produtos de higiene

Em situação de emergência, pessoas de boa vontade sempre se dispõem com o seu tempo, habilidades e meios para ajudar o próximo. Neste momento, em que nos encontramos confinados nas nossas residências devido à COVID-19, milhares de pessoas e famílias passam fome e sem meios para uma sobrevivência humanamente condigna no seu dia a dia.
Igreja Local
Ethel Sandy, coordenadora das Mulheres Metodistas Unidas (United Methodist Women - UMW), fala com os alunos da Albert Academy - a única escola secundária de meninos Metodistas Unidos em Freetown, Serra Leoa - sobre os perigos de trapacear nos exames. Foto de Phileas Jusu, Notícias MU.

UMW inicia campanha anti-trapaça nas escolas da igreja

Os membros das Mulheres Metodistas Unidas na Conferência de Serra Leoa iniciaram uma campanha anti-trapaça nas escolas Metodistas Unidas.
Loading